A SUPERAÇÃO DA DISTINÇÃO ONTOLÓGICA ENTRE O HOMEM E A NATUREZA COMO DESAFIO ÉTICO NO ENFRENTAMENTO DA CRISE ECOLÓGICA GLOBAL

Autores

  • Maria Cláudia da Silva Antunes de Souza
  • Josemar Sidinei Soares

Palavras-chave:

Homem, Natureza, Crise ecológica, Ética, Ontologia

Resumo

O presente artigo tem como objetivo demonstrar que a distinção ontológica entre o homem e a natureza presente na história do pensamento humano teve um papel determinante na eclosão da crise ecológica que atualmente ameaça o equilíbrio ambiental do nosso planeta. Após revisão histórica e conceitual das origens dessa distinção, especialmente nas tradições filosóficas e teológicas, apresentaremos os problemas que delas decorrem e tentaremos esboçar os contornos de novos princípios éticos possivelmente capazes de orientar o agir humano na direção de uma relação sustentável com o meio ambiente.

Publicado

05/05/2022

Como Citar

da Silva Antunes de Souza, M. C., & Soares, J. S. (2022). A SUPERAÇÃO DA DISTINÇÃO ONTOLÓGICA ENTRE O HOMEM E A NATUREZA COMO DESAFIO ÉTICO NO ENFRENTAMENTO DA CRISE ECOLÓGICA GLOBAL. Revista Jurídica Da Escola Do Poder Judiciário Do Acre, 2(2), 150–167. Recuperado de https://esjud.tjac.jus.br/periodicos/index.php/esjudtjac/article/view/44