Escola do Poder Judiciário​

O que você precisa?

Esjud recebe visita da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam)

Objetivo é cooperar com a Escola Judicial Acreana para que se ofereça uma formação cada vez mais qualificada e em sintonia com o contexto contemporâneo.

A Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud) recebe a visita da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), órgão oficial de treinamento de juízas(es) de Direito e juízas(es) federais brasileiros. A ela cabe regulamentar, autorizar e fiscalizar os cursos oficiais para ingresso, vitaliciamento e promoção na carreira da magistratura.

Diretor do Órgão de Ensino local, o desembargador Elcio Mendes reuniu-se com Ana Lourdes Vilela, chefe da Seção de Credenciamento e Acompanhamento de Cursos. O magistrado fez um panorama das principais atividades da Esjud, explicitando conquistas de relevância amealhadas em menos de um ano, a exemplo do Programa Saber sem Fronteiras, da conclusão da Pós-Graduação, o início de um Mestrado inédito, o Programa de Formação de Formadores, cujo módulo II será concluído nos próximos dias com um curso inédito na área de oratória, comunicação e etiqueta.

Elcio Mendes agradeceu pela visita, bem como colocou toda a Escola Judicial Acreana à disposição da Escola Nacional, cuja parceria será ampliada nos próximos meses. Também participaram do encontro o gerente de Administração de Ensino, Neto Thaumaturgo, e o gerente de Planejamento, Breno Cavalcante.

Ana Lourdes Vilela explicou que sua presença deve traduzida pelo acompanhamento das atividades, em especial o Curso de Formação, e não por qualquer tipo de fiscalização ou intervenção. Ela elogiou a receptividade da Escola, apontando a equipe como de “altíssimo nível”.

Segundo ela, o diálogo institucional fortalece a atividade das escolas judiciais para que se ofereça uma formação cada vez mais qualificada, em sintonia com os desafios do contexto contemporâneo.

Durante toda esta semana, no Palácio da Justiça, a profissional acompanhará as aulas do Curso de Formação, e fará reuniões de alinhamento com os setores integrantes da Esjud.

Enfam

À Enfam cabe definir diretrizes básicas para a formação e o aperfeiçoamento de magistrada(os); fomentar pesquisas, estudos e debates sobre temas relevantes para o aprimoramento dos serviços judiciários e da prestação jurisdicional, e promover a cooperação com entidades nacionais e estrangeiras ligadas ao ensino, pesquisa e extensão.

Dentre os objetivos da Escola Nacional estão provocar melhoria na seleção de novos juízes; e promover a sua atualização constante; proporcionar formação teórica e prática ao operador do Direito; aproximar ainda mais o Judiciário da realidade do cidadão, e garantir que as(os) magistrados estejam em permanente formação acadêmica e humanística.

Compartilhe em suas redes

Pular para o conteúdo